O que cai na prova da Polícia Militar de Minas Gerais – PM MG

O que cai na prova da Polícia Militar de Minas Gerais – PM MG

Os concursos da Polícia Militar de Minas Gerais costumam ser muito concorridos, afinal de contas são milhares de inscritos sempre que um novo edital é publicado. Os últimos aconteceram no decorrer de 2021, quando foram oferecidas um total de 1.887 vagas, distribuídas entre as funções de Soldado (1.653), Soldado Especialista (84), Oficiais de Saúde (30) e Oficiais – CFO (120), todas elas com exigência de nível superior completo. A organização foi da própria PM MG.

Os salários chamaram bastante atenção, uma vez que partiam dos R$ 3,9 mil podendo alcançar até R$ 10 mil, dependendo, é claro, da função escolhida. Mas, como dissemos no início do texto, conquistar as vagas não é tarefa das mais fáceis, pois a concorrência é grande, por isso quanto mais bem preparado estiver, maior sua vantagem. E essa dica vale para você, que já está esperando o próximo concurso PM MG, antes de qualquer coisa, antecipe seus estudos!

Para isso, é fundamental que invista em um bom curso online, no qual possa assistir videoaulas gravadas pelos professores que mais entendem de concursos públicos no Brasil, e que apresentam apenas o que importa: o que cai nas provas! Além disso, ter a assinatura de uma plataforma de questões onde consiga praticar respondendo questões de concursos anteriores da PM MG é outro ponto importantíssimo, pois essa simples prática tende a deixar sua preparação ainda mais poderosa.

Mas afinal de contas, o que costuma ser cobrado nos concursos da Polícia Militar de Minas Gerais? Iremos te contar a partir de agora, para que você veja o quão importante é iniciar a preparação mesmo antes da publicação do edital.

 

Conteúdo programático concurso PM MG

Cada função tem cobranças distintas, tanto no nível de dificuldade mas, acima de tudo, no que é apresentado no conteúdo programático exposto no edital. E como ainda não temos um novo edital publicado, vamos usar como base o que foi exigido no documento mais recente:

 

Soldado

A prova objetiva teve um total de 40 questões, que foram distribuídas da seguinte forma:

  • Língua Portuguesa – 10 questões
  • Direito Penal – 06 questões;
  • Direito Constitucional – 06 questões;
  • Direito Penal Militar – 06 questões;
  • Estatística – 04 questões;
  • Direitos Humanos – 04 questões;
  • Legislação Extravagante – 04 questões.

E além da prova objetiva, os candidatos precisaram passar por uma Avaliação Psicológica composta por Teste de Personalidade, Teste de Inteligência e Dinâmica de Grupo, Prova Situacional ou Anamnese Psicológica; e também pela AFM (Avaliação Física Militar), composta por Avaliação Médica/Controle Fisiológico e Teste de Capacitação Física.

 

Soldado Especialista

Na ocasião as especialidades buscadas foram Auxiliar de Saúde, Auxiliar de Comunicações, Armeiro e Auxiliar de Motomecanização de Viaturas. As provas objetivas tiveram um total de 40 questões, divididas entre as seguintes disciplinas:

  • Língua Portuguesa – 10 questões;
  • Matemática – 04 questões;
  • Noções de Direito – 03 questões;
  • Direitos Humanos – 03 questões;
  • Informática (exceto para a especialidade de Auxiliar de Comunicações) – 04 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 16 questões;
  • Para a especialidade de Auxiliar de Comunicações foram 10 questões de Informática e 10 de Conhecimentos Específicos.

Houve ainda avaliação psicológica contendo Teste de Personalidade, Teste de Inteligência e Dinâmica de Grupo, Prova Situacional ou Anamnese Psicológica; além de Avaliação Física Militar (AFM) composta por Avaliação Médica/Controle Fisiológico e Teste de Capacidade Física.

 

Oficial de Saúde

As especialidades buscadas no último certame foram Neurologia, Neurocirurgia, Cirurgia Plástica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia, Anestesia, Psiquiatria e Clínica Médica. As provas objetivas tiveram 40 questões, divididas assim:

  • Língua Portuguesa – 09 questões;
  • Direitos Humanos – 04 questões;
  • Ética Médica – 04 questões;
  • Conhecimentos Específicos – 23 questões.

A exemplo dos demais cargos, também houve Avaliação Psicológica e Avaliação Física Militar compostas pelos mesmo testes, além de Prova de Títulos de caráter classificatório.

 

Oficial – CFO

Para conquistar uma das 120 vagas para ingressar no Curso de Formação de Oficiais, os candidatos precisaram responder a uma prova objetiva contendo 40 questões, distribuídas entre as seguintes disciplinas:

  • Direito Administrativo – 05 questões;
  • Direito Constitucional – 05 questões;
  • Direito Penal – 04 questões;
  • Direito Penal Militar – 04 questões;
  • Direito Processual Penal – 04 questões;
  • Direito Processual Penal Militar – 04 questões;
  • Direitos Humanos – 02 questões;
  • Legislação Extravagante – 06 questões;
  • Legislação Institucional – 02 questões;
  • Língua Portuguesa – 04 questões.

Os postulantes a uma oportunidade no CFO também precisaram fazer uma Prova Dissertativa, uma Prova Oral, passar pela Prova de Títulos, e claro, serem aprovados nas Avaliações Psicológica e Física Militar.

Bom, com todas essas informações já é possível você ter um bom início de estudos e, graças a antecipação da preparação, largar em vantagem contra os demais concorrentes quando um novo concurso PM MG for anunciado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *