Existe depilação definitiva?

Existe depilação definitiva?

É comum encontrar propagandas prometendo a depilação definitiva, seja por meio do laser ou da fotodepilação. Mas, afinal, será que esses métodos removem, realmente, os pelos para sempre?

Aqui, desvendamos se a depilação definitiva existe de verdade. Confira e entenda como os diferentes tipos de depilação feminina funcionam e evite cair em pegadinhas!

 

Depilação definitiva: verdade ou mito?

A remoção definitiva dos pelos é um mito, porque ainda foi não descoberto ou criado um método de depilação que tenha esse poder. O que existe são procedimentos que entregam um efeito duradouro, com pele sem pelos durante meses ou anos.

São dois os métodos que entregam esse resultado: a depilação a laser e a fotodepilação. Ambos destroem o bulbo do pelo, que permanece inativo por meses ou anos, ou seja, não há o crescimento do fio.

No entanto, é importante lembrar que a pele é um organismo vivo, logo, ela tentará regenerar essa destruição do bulbo. Em muitos casos, isso ocorre e com o passar do tempo alguns pelos voltam a crescer.

Por isso, não caia na pegadinha de que esses métodos de depilação são definitivos. Encare-os como grandes aliados para ter a pele livre de pelos por muito mais tempo, sabendo que no futuro talvez precise de novas sessões para manter esse efeito.

 

Escolhendo o tipo de depilação ideal

Então, qual seria o tipo de depilação ideal? Depende muito de seu perfil. A que é feita com lâmina e a depilação com cera proporcionam um resultado pouco duradouro, com os pelos crescendo em alguns dias, o que acaba não sendo tão interessante para quem gosta de praticidade.

Já a depilação a laser e a fotodepilação são excelentes alternativas, porque o resultado de pele lisa se mantém por mais tempo, entregando melhor custo-benefício, sobretudo em comparação a outros tipos de depilação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *