Propriedades da folha santa

Propriedades da folha santa

As folhas da folha santa têm propriedades medicinais utilizadas nos estados de Hidalgo, no estado de Veracruz e Oaxaca, são aplicadas para o tratamento de doenças da pele, doenças como infecções vaginais, para aumentar a produção de leite em mulheres que dão de mamar, para acelerar o parto e para tratar infecções da matriz.

O que é?
O nome científico da folha santa é Piper auritum, e é conhecido também como acuyo, tlanepa, alaján, erva santa ou momo. É uma planta aromática (do género Piper) e cresce na América tropical.
É um pequeno arbusto que atinge os 5 m de altura. Tem caules com nós visíveis e lisos. Suas folhas são simples e alternas de forma ovalada, com a base em forma de coração.
O tronco é bastante ramificado e ramos jovens estão cobertas de pêlos macios. As flores são como espigas de até 35 cm de comprimento, com uma cor branco e verde pálido, com aspecto de cauda de rato.
É conhecido o centro e o sul do México até a Colômbia. Em países como o Havaí, tornou-se uma planta invasora.
Cresce em florestas úmidas em altitudes desde o nível do mar até aos 2000 metros. É característica de estradas e margens de rios. É uma planta muito sensível às geadas.
Para que serve?
As folhas da folha santa servem para tratar diversos problemas de saúde e para usos culinários diferentes.

Tratar distúrbios digestivos
São usados para tratar distúrbios do sistema digestivo, como falta de apetite, dor de estômago, diarreia, prisão de ventre e a inflação do estômago.
Emprega-Se também como um eficaz desparasitante.
RECOMENDADO Propriedades terapêuticas do noni e como se prepara
Para doenças do sistema respiratório
É um bom remédio para a tosse, febre, no caso de doenças infecciosas e para tratar a bronquite. É usada também para tratar a asma, laringite e as úlceras.
Pode ser usada para tratar problemas oculares e reumatismo.
Analgésica
Esta planta tem propriedades analgésicas locais e era empregado como um anestésico na antiguidade.
Compostos
O princípio ativo da erva santa é o safrol, o que lhe dá o seu típico aroma e está constituído por vários óleos essenciais. É empregado como anti-séptico tópico e analgésico. Algumas folhas contêm em maior proporção e tendem a ser aplicado sobre a testa para aliviar a dor de cabeça.
Também contém eriodictiol que é um flavonóide com a propriedade de modificar os sabosres e atua como um expectorante.

A erva santa contém também cálcio, fósforo, ferro, proteínas, fibras, vitamina C, tiamina e beta-caroteno.
Aplicações da folha santa
A erva santa tem diversos usos.
Preparações terapêuticas artesanais
Para dar atenção primária de saúde a baixo custo são normalmente demolhar as folhas desta planta em álcool e aplicar o líquido via tópica para combater infecções de pele, inflamações vaginais, infecção da matriz e sobre os seios para aumentar a produção de leite das mulheres que estão no período de amamentação.
Para preparar infusões
Estas infusões são utilizados para tratar constipações, tosse, asma, tuberculose, bronquite e outros problemas respiratórios crônicos. Seu uso mais difundido é o de tratar doenças respiratórias.
Ligaduras analgésicos
A folha tibia é aplicado como curativo para tratar entorses, feridas, picadas de insetos e para aliviar a dor das articulações.
Para a cozinha
Emprega-Se na cozinha mexicana, especialmente os tamales de algumas zonas do sul do México, onde os peixes e a carne, se envolvem suas folhas.
RECOMENDADO Propriedades do óleo de argan
Empregam-Se também como um tempero.
Homeopatia
A homeopatia emprega-se a tintura da planta completa e suas diluições para tratar a asma, laringite aguda ou crônica, bronquite e falta de ar.
Benefícios da folha santa
Alivia dores musculares.
Alivia a dor de cabeça.
Alivia a dor de estômago.
Alivia a diarreia.
Alivia as hemorróidas.
Ajuda a tratar as varizes.
Acalma as cólicas.
É analgésica.
É boa contra a dor nas articulações.
Recomenda-Se para banhar as mulheres que acabam de dar à luz.
Tem propriedades estimulantes.
Como toma?
Para preparar o chá da folha santa deve-se usar uma colher de chá de folhas esmagadas por um copo de água. Quando a água atinge sua ebulição são adicionadas as folhas, retira-se do fogo e deixa-se repousar 10 minutos. Esta infusão é recomendado para tratar a dor de estômago, diarreia e cólicas.
O cataplasma ou esmagado as folhas alivia a dor de articulações, reumatismo e hematomas. Só se deve ferver a quantidade de grama a usar a fogo lento, escurrirla, machacarla até conseguir uma massa flexível que aplicar sobre a zona afectada.
Contra-indicações
É considerada uma planta não toxica e está na lista da Administração de Drogas e Alimentos (FDA) dos Estados Unidos designada como segura para uso como sabor de alimentos.
No entanto, é necessário consultar o médico antes de usá-lo durante a gravidez ou a amamentação.
Perguntas frequentes
O que sabor tem?
A erva santa tem um sabor muito especial, semelhante ao eucalipto, menta, alcaçuz, anis, sassafrás, noz-moscada, estragão e pimenta-do-reino.
Onde é que se obtém?
Consegue-Se no México e na Colômbia, em mercados tradicionais destes países e na internet em forma de preparações medicinais.

Fonte:
(1) https://www.paraque-sirve.com/para-que-sirve-el-te-de-hoja-santa/
(2) https://holadoctor.com/es/álbum-de-fotos/5-usos-medicinales-de-la-hierba-santa-o-acuyo
(3) https://www.paraque-sirve.com/para-que-sirve-el-te-de-hoja-santa/
(4) https://holadoctor.com/es/álbum-de-fotos/5-usos-medicinales-de-la-hierba-santa-o-acuyo
(5) https://es.m.wikipedia.org/wiki/Piper_auritum
(6) https://www.mexicodesconocido.com.mx/hoja-santa1.html
(7) http://www.arsenalterapeutico.com/2017/01/15/hoja-santa-la-planta-de-las-mil-bondades-terapeuticas/