Benefícios do óleo de prímula

Benefícios do óleo de prímula

A Prímula, também conhecida como Oenathera biennis é uma planta originária da América do Norte, embora seja possível localizar em algumas regiões da Europa e da Ásia.

Os nativos americanos conheciam o benefícios desta planta, usando-a para fins medicinais desde há séculos.
Todas as partes deste notável planta são comestíveis ou aproveitáveis. Embora as sementes, extraídas das flores, são os que mais benefícios medicinais tem, e das quais, por meio de extrusão a frio, é extraído o óleo de prímula.
Composição
O óleo de prímula é rico em óleos essenciais:
(AGE) poli-insaturados, como o Ômega 6.
Ácido linoleico 70% (α-linoleico, β-linoleico, gama-linoleico, oleico, esteárico, aspártico, palmítico, elágico e glutâmico).
O Ácido α-linoleico (AGL) 10%.
Recebem o nome de óleos essenciais porque o organismo, por si só, não pode criá-los e devem ser fornecidos através da alimentação.

A Vitamina C.
Minerais: Potássio, cobre, ferro, fósforo, boro, magnésio, manganês, zinco e cálcio.
Aminoácidos: glicina, lisina, fenilalanina, arginina, leucina, histidina, prolina
Fibra.
Benefícios
O óleo de prímula é mais conhecido por seus efeitos sobre a saúde, sobre a beleza.
Tem benefícios sobre a circulação do sangue, tem propriedades anticoagulantes. Ajuda a reduzir o colesterol LDL ou mau, reduz as varizes e as hemorróidas. Ao melhorar a circulação, previne ou cura da impotência, previne a queda do cabelo, promovendo a irrigação do folículo piloso e melhora a saúde das unhas. Também combate a hipertensão.
Para mulheres o óleo de prímula reduz os sintomas da síndrome pré-menstrual e da menopausa, como o inchaço da barriga, dor no peito, náuseas e sufocos. Também é um conhecido remédio para os cistos mamários benignos de ovário e endometriose, também aumenta a fertilidade e reduz os problemas que podem surgir na gravidez.
Protege as mucosas gástricas.
Melhora o sistema imunitário, ao reforçar os lifoncitos T, que favorecem na batalha contra doenças como a esclerose múltipla.
Regula as secreções corporais.
Regula a produção de gordura na pele.
Potência dos efeitos da insulina.
Tem ação
Impede a formação de coágulos ou trombos.
Regula a ação dos neurotransmissores.
Reduz as inflamações mamárias.
Ajuda a combater a infertilidade relacionada a problemas hormonais na mulher.
Previne o aparecimento de alergias, e em caso de apresentá-las, ajuda a combater os sintomas.
Facilita a perda de peso.
Equilibra o comportamento de crianças perante a sociedade.
Ajuda com as afecções prostáticas do homem.
RECOMENDADO Propriedades do óleo de rosa mosqueta
Para a pele, oferece os seguintes benefícios:
Acne: reduz a inflamação dos poros e evita a acumulação de gordura.
Psoríase: combate os sintomas, devido ao seu efeito anti-inflamatório.
Secagem: traz umidade, hidratando a pele.
Eczemas: reduz a coceira ao hidratar a pele.
Efeitos adversos
Ao começar a tomar óleo de prímula, podem-se manifestar algumas dores de cabeça leves e distúrbios digestivos. Deve-Se extremar o cuidado se consome óleo de prímula em conjunto com medicamentos para trata doenças mentais, já que apresentou reações adversas.
O óleo de prímula não causou reação alérgica que ocorre, no entanto as pessoas com alergias a plantas da família das onagráceas, o ácido gamalinolénico ou a outros ingredientes do óleo devem evitar o seu uso, já que é susceptível de causar dermatites por contacto.

A natureza nos oferece em seu currículo, plantas com propriedades que rivalizam com as dos medicamentos fabricados em laboratórios, nunca é de mais saber os benefícios das plantas que nos rodeiam, já que delas podemos obter substâncias tão benéficas como o óleo de prímula.